Como aprender linguagem de programação para trabalhar com inovação?

As tecnologias facilitam nosso dia-dia, ajudam a manter relacionamentos, criar negócios e lançar serviços confiáveis.

Por isso, cada vez mais profissionais e estudantes de diferentes áreas, sentem interesse em saber como a programação funciona e como as linguagens de programação são utilizadas para resolver problemas e superar desafios.

Nos da acelerabit criamos essa guia fundamental com dicas do que você deve fazer se está querendo “startar” nesse mundo.

O que é programação?

A programação é a forma que os computadores interpretam códigos que são, em geral, criados e classificados em linguagens.

Essas linguagens podem ser a base para um sistema operacional ou serem específicas para criar softwares para computadores, desenvolver sites web (internet) ou mesmo para a criação de um aplicativo.

Entender sobre linguagens de programação é importante, mas para realmente se aprofundar em tecnologias é crucial ter uma base solida de uma lógica específica chamada: Lógica de programação.

Organização e estrutura da sua programação

Saber programar é manter as ideias alinhadas, ou seja, escrever uma sequencia de códigos de formar organizada e comentada para que um outro programador ou futuro revisor de código, consiga entender mais o que foi feito, caso ele necessite fazer modificações e ajustar erros ou atualizar o sistema.

É muito comum programadores até já com uma certa experiência, deixarem o código sem marcação ou comentários. E ainda, tem aqueles que criam uma lógica que muitas vezes nem ele entende depois que o código aumenta. Com isso perde-se tempo, consequentemente prazo para entrega de alguma função do projeto e até mesmo atraso do próprio projeto, por desorganização. Por isso, tem um estrutura do que se quiser fazer é fundamental para ter bons resultados em programação.

Por onde começar?

O básico é entender sobre a lógica dos algoritmos, especialmente: estruturas de repetição, funções locais e globais e matrizes.

Não é a toa que cursos de introdução a programação começam neles. Porém se você quer ser autodidata, além de disciplina você deve ter regularidade, como falado anteriormente.

Criar um planner ou uma planilha do excel com metas de dias e horas de estudo pode ser necessário até você criar o hábito de estudar programação.

Você deve aprender sobre como digitar algoritmos, já que essa é a base de toda a programação. Sabendo disso, investir o tempo em aprender estruturas de repetição e ter um conhecimento de funções locais e globais irá garantir que sua curva de aprendizado diminua bastante, quando for decidir que tipo de programador você vai ser.

Estilos de programação

Após ter uma boa base de lógica de programação é importante que você saiba qual é o estilo de programador você é. Não estou falando aqui de personalidade ou como você se veste. É importante você saber se sente mais confortável com a parte lógica, numérica ou de linhas de código, ou mesmo, se você quer ir para o lado mais visual.

É um erro comum, em cursos regulares e até na universidade, o foco do aprendizado ser em programadores com a ênfase lógica apenas, desconsiderando talvez a parte mais importante até mesmo do que programar: o visual, ou seja, a venda da sua ideia ou do seu futuro produto.

Programadores back-end focam mais em lógica, nos bastidores, do código. Os front-end eles são responsáveis na parte visual, na programação que vai ser apresentada para o usuário final ou seu cliente. O back-end e o front-end em geral, trabalham para que um produto vire realidade.

Quais são as linguagens mais populares?

Como comentado por Albano Diretor de Negócios da acelerabit é muito importante saber as linguagens que estão em alta e se elas possuem uma facilidade para aprendizado.

Logo abaixo destacamos algumas das linguagens mais atuais, para que você consiga pensar em como implantar nos seus projetos.

Linguagens back-end

As linguagens back-end são responsáveis por coletar informações que você irá gerar com sua interface (front-end). Um bom exemplo são os seus dados pessoas ou informações de cartão, quando você os digita em um site a estrutura do back-end dará o suporte necessário para que essas informações sejam disponibilizadas para um servidor, para que assim seus dados continuem guardados em segurança.

Entre as linguagens back-end mais conhecidas, destaco:

  • PHP
  • Java
  • C#
  • Python
  • JavaScript
  • Swift
  • C

De todas essas linguagens o maior destaque vai para:

JavaScript

A linguagem javascript é muito utilizada no mercado de trabalho e atualmente alguns profissionais chamam ela de essencial. A vantagem é essa linguagem possui uma comunidade muito ativa e uma biblioteca forte de aplicações e extensões para plataformas web (voltadas para internet) ou para dispositivos móveis (mobile).

Por isso grande parte das universidades norte-americanas estão adotando essa linguagem como plataforma introdutória nos cursos de programação, já que o estudante não precisa se preocupar com tantos compiladores para rodar códigos e praticamente qualquer navegador suporta o uso dá linguagem para criar os primeiros testes.

Python

O Python também é muito influente nos dias atuais pois é uma linguagem voltada para a facilidade de escrita e ela é muito utilizada quando o foco é criar soluções utilizando aprendizagem de máquina, ou seja, criar um dispositivo inteligente que pode capturar dados e aprender com as novas informações de forma quase autônoma.

Para front-end

Como falado anteriormente o front-end é o programador que tem um foco maior na parte visual, na interface. Por isso, o responsável por esse parte terá que utilizar a programação e o estudo visual para criar grids (grades), sentido e experiência para o usuário. Além disso, esse programador, ficará responsável pelos modo de navegação e cores.

Diferente do back-end, o front-end tem um número mais limitado de programação. E muitas vezes, as linguagens utilizadas são voltadas para a marcação como é o caso do html, por isso muitos programadores não consideram esse estilo um tipo de linguagem, já que em muitos casos não é desenvolvido uma lógica, mas sim um estrutura sequencial.

As linguagens que são utilizadas para esse tipo de programador são:

  • HTML
  • CSS
  • JavaScript

O HTML é o basico para se conhecer como funciona a utilização de estruturas para interface web. Os códigos utilizados são interpretados e junto com o CSS geram um estilo para um documento web através de TAGs, marcações para um site que está sendo desenvolvido.

Onde aprender programação?

Em geral, se você quer ganhar tempo e não consegue fazer cursos regulares, entrar em cursos online pode ser uma boa opção se criar horários para estudar diariamente. Fazer download de um planner ou criar no google agenda horários de pelo menos 3 vezes na semana, ajudará você em poucas semanas a criar seu primeiro software ou app.

Uma escola online com um bom custo benefício é a Udemy, já que muitas vezes oferece cursos por R$ 30,00 com professores com experiência de mercado que disponibilizam material didático para download e exemplos práticos.

Como posso utilizar esse conhecimento para inovar?

Sabendo do que foi dito, para construir um projeto de inovação é necessário conhecer que tipo de estilo você vai querer aprender. Com isso definido, encontre um programador que complemente o seu trabalho, por exemplo: se você quer ser back-end, busque um front-end e comece a fazer um trabalho sistemático em relação ao controle do seu projeto.

Além disso, busque conhecer sobre gerenciamento de projetos, quem a ideia de software ou programação poderá atender e como isso será mais relevante do que as aplicações já existentes.

Uma boa maneira de saber se sua ideia terá espaço é buscar referências e fazer um benchmark de aplicativos ou serviços semelhantes ao que você propõe e em seguida fazer uma análise FOFA (forças, oportunidades, fraquezas e ameaças) para saber em primeiro momento se o seu projeto será viável. Mensure tudo isso em dados e crie estatísticas para analisar o risco. Se esse risco for baixo é bem provável que seu produto seja viável ser desenvolvido.

Share on

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart
WhatsApp chat